Parcelamento do Simples Nacional: como fazer?

Em vários artigos falamos sobre a necessidade de se contar com um suporte profissional na área contábil. E não cansamos de falar sobre isso. Na Makrosystem, destacamos sempre que possível que alguns investimentos significam, por mais contraditório que pareça, economia, redução de custos desnecessários.

Ao contarmos com um setor especializado em contabilidade, a chance da empresa ter algum problema com atraso de pagamento de tributos ou qualquer outro tipo de imprevisto junto ao fisco é remota. E isso é uma economia muito grande se levarmos em conta os valores das multas e penalidades aplicadas pela Receita Federal.

Algumas dessas penalidades, como já vimos em diversos outros casos espalhados pelo Brasil, podem até inviabilizar a continuidade da empresa no mercado local.

Contudo, muitas empresas não enxergam uma grande necessidade de contar com um profissional especializado em contabilidade. Com isso, os atrasos em pagamentos se tornam frequentes.

SIMPLES NACIONAL

O parcelamento do Simples Nacional é uma forma adotada por inúmeras empresas que, por algum motivo, atrasaram o pagamento do tributo e não o fizeram na data correta. Por isso, é importante entender como funciona esse parcelamento.

É importante ficar atento a estas pendências, pois o acúmulo destes impostos pode acarretar até mesmo na exclusão do Simples Nacional. O parcelamento é uma opção interessante para organizar as finanças da empresa, uma vez que os débitos, em algumas oportunidades. podem ser bastante altos.

QUEM PODE PARCELAR?

Para aderir ao parcelamento do Simples Nacional, a empresa precisa ter débitos já vencidos e constituídos no Simples. Para optar pelo parcelamento do Simples é indiferente se o contribuinte já foi excluído ou ainda é optante.

Caso haja débitos de imposto DAS que não estão incluídos no parcelamento, é preciso solicitar a desistência do parcelamento ativo e efetuar um novo incluindo os demais débitos.

PARCELAS

É importante falarmos do valor das parcelas para que você consiga se planejar financeiramente. A parcela mínima do Simples Nacional é de R$ 300, com limite de 60 parcelas, exceto débitos de responsabilidades do MEI, que calcula as parcelas conforme o valor das pendências.

Após o pagamento da primeira parcela, o restante das parcelas têm por vencimento sempre o último dia útil do mês.

A Makrosystem te ajuda!

A Makrosystem ajuda diariamente contadores do norte ao sul do Brasil com um sistema de gestão contábil e tributário completo e online. Você vai poder ficar sempre conectado com as mudanças da legislação com um sistema web ideal para sua empresa. Quer saber mais? Acesse o nosso site e converse com um de nossos especialistas!